High Deck Studio Negócios Digitais de Alta Performance a Elite do Marketing Digital

Por High Deck Studio

Publicado em 07 de jan. de 2021 às 08:29 - Tempo de Leitura 3 min

As dívidas são um grande problema para muitas pessoas e empresas. Elas podem afetar negativamente o seu fluxo de caixa, causar estresse e até mesmo levar à falência. No entanto, há algumas maneiras de sair das dívidas e começar um negócio online do zero.

Uma das maneiras de fazer isso é renegociar suas dívidas com seus credores. Isso pode incluir pedir um desconto nos juros ou uma extensão do prazo de pagamento. Também é importante ter um plano para pagar as dívidas, pois isso ajudará a evitar que elas se acumulem novamente.

Outra maneira de sair das dívidas é fazer uma renda extra através de um negócio digital. Isso pode incluir criar um blog, vender produtos online ou até mesmo oferecer serviços digitais. Começar um negócio online do zero pode ser intimidador, mas há muitos recursos disponíveis para ajudá-lo a começar.

Neste artigo, vamos abordar como sair das dívidas, os diversos tipos de dívidas, como elas podem afetar sua vida. Vamos discutir algumas maneiras de renegociar suas dívidas, fazer uma renda extra e criar um plano para o seu negócio online.

Também discutiremos algumas estratégias para gerenciar suas dívidas de maneira eficaz, principalmente para quem deseja começar um negócio online do zero em 2022+.

Introdução

As dívidas são neutras. Não são boas nem más. São apenas um meio pelo qual as pessoas podem obter recursos para investir em seus objetivos.

As dívidas podem ser úteis para ajudar as pessoas a alcançarem seus objetivos, mas também podem causar problemas se não forem gerenciadas adequadamente.

Como começar um negócio online do “zero” é um gatilho mental banalizado. Qualquer um pode e vai ter sucesso ao começar um negócio online com pouco capital financeiro (dinheiro) se definir as prioridades e empregar empenho em todas as suas ações necessárias para sair do lugar de estagnação.

Não há garantia de sucesso ao locomover-se sem saber onde está e aonde quer chegar. Antes de pensar em como começar um negócio online ou até mesmo físico, precisamos abordar esse tema extremamente importante.

Um conteúdo muito completo sobre Como Sair das Dívidas para você que deseja se libertar das amarras dos juros abusivos do crédito fácil que mina o poder de compra do indivíduo que se encontra em um staus de endividado e inadimplente.

Endividamento

O endividamento não é o problema, mas sim, um problema se comparado com a inadimplência.

A inadimplência ocorre quando gastos acumulados excedem a renda da pessoa endividada que não consegue arcar com todas as suas despesas que acabam virando uma “bola de neve” com a incidência das taxas de juros.

Segundo dados da SCR do Banco Central, mais de 65 milhões de brasileiros, desde abril de 2012, são devedores bancários com dívidas superiores a R$1.000,00.

No mesmo período, 14,9% dos adultos de idade até 34 anos constaram como inadimplentes, 34 a 54 anos 12,6%, de 55 a 65 anos 9,4% e acima de 65 anos 8,4%. Na sequência de imagens você será capaz de constatar essas informações descritas de forma detalhadas nas tabelas extraídas diretamente do sistema do orgão governamental.

O endividamento é um problema sério que afeta muitas pessoas. Se você está endividado, pode ser difícil fazer face às suas dívidas e pagar seus credores. Endividar-se também pode causar estresse e ansiedade, o que afeta negativamente a sua saúde.

Se você está endividado, há algumas coisas que você pode fazer para tentar sair dessa situação. Primeiro, você deve analisar sua situação financeira e verificar quanto dinheiro você realmente deve. Em seguida, você deve procurar maneiras de reduzir suas despesas e aumentar seus rendimentos. Por último, mas não menos importante, é importante que você mantenha o controle de seu endividamento e não permita que ele aumente.

Existem muitos programas e serviços disponíveis para ajudar as pessoas a gerenciarem suas dívidas. Se você estiver lutando para fazer face às suas dívidas, é importante procurar ajuda para evitar que o problema piore.

Um conteúdo muito completo sobre Como Sair das Dívidas para você que deseja se libertar das amarras dos juros abusivos do crédito fácil que mina o poder de compra do indivíduo que se encontra em um staus de endividado e inadimplente.

Inadimplência – Um Triste Choque de Realidade!

Inadimplência é o ato de não cumprir uma obrigação financeira, seja ela uma dívida, uma fatura ou qualquer outro compromisso que envolva dinheiro. Em geral, a inadimplência acontece quando a pessoa não tem dinheiro para pagar suas dívidas e fica atrasada com os pagamentos.

A inadimplência pode ter diversas consequências, desde o aumento da dívida até o bloqueio do CPF. Por isso, é importante sempre tentar evitar a inadimplência e, caso já esteja inadimplente, buscar formas de quitar suas dívidas o quanto antes.

Para evitar a inadimplência, é importante ter um controle financeiro rigoroso e sempre verificar se você tem dinheiro para pagar as suas dívidas. Além disso, é crucial fazer um planejamento financeiro para saber exatamente quanto você deve economizar todos os meses para quitar suas dívidas em dia.

Caso você já esteja inadimplente, saiba que há diversas formas de quitar sua dívida e voltar a ter um CPF limpo. Você pode renegociar sua dívida com o credor, fazer um parcelamento da dívida ou até mesmo acionar um serviço de recuperação de crédito. O importante é buscar uma solução rapidamente para não sofrer com as consequências da inadimplência.

Um conteúdo muito completo sobre Como Sair das Dívidas para você que deseja se libertar das amarras dos juros abusivos do crédito fácil que mina o poder de compra do indivíduo que se encontra em um staus de endividado e inadimplente.

Dívidas: o que são e como surgem?

Dívidas são empréstimos que devem ser pagos de volta, geralmente com juros. As dívidas podem surgir por diversos motivos, como comprar uma casa ou um carro, fazer uma viagem, ou até mesmo devido à má gestão financeira. No entanto, independentemente da causa, as dívidas podem se tornar um grande problema se não forem cuidadosamente gerenciadas.

Existem diversas maneiras de sair das dívidas e começar um negócio online do zero em 2022. Uma delas é renegociar as dívidas com os credores, buscando condições mais favoráveis de pagamento. Outra opção é fazer um consórcio para quitar as dívidas e, assim, liberar dinheiro para investir no negócio. Também é possível utilizar o dinheiro da poupança para quitá-las e assim ter mais capital para investir no negócio.

Independentemente da estratégia escolhida, é importante ter em mente que o sucesso do negócio online depende principalmente da forma como ele é gerenciado. Por isso, é fundamental planejar bem todas as etapas do negócio e estabelecer metas realistas e alcançáveis. Além disso, é preciso ter disciplina para cumprir os prazos estabelecidos e controlar o fluxo de caixa para evitar novas dívidas.

Um conteúdo muito completo sobre Como Sair das Dívidas para você que deseja se libertar das amarras dos juros abusivos do crédito fácil que mina o poder de compra do indivíduo que se encontra em um staus de endividado e inadimplente.

Como identificar se você está endividado?

Endividamento é um termo usado para descrever quando uma pessoa tem dívidas que excedem seus ativos. Endividamento pode ser dividido em duas categorias: endividamento bruto e endividamento líquido.

O endividamento bruto é o total de todas as dívidas contraídas, enquanto o endividamento líquido é o total de dívidas menos os ativos. Endividamento bruto pode ser dividido em três categorias: dívidas não garantidas, dívidas garantidas e outras obrigações financeiras.

Dívidas não garantidas são aquelas que não têm um bem como garantia, enquanto as dívidas garantidas são aquelas que têm um bem como garantia. Outras obrigações financeiras incluem aluguéis, empréstimos estudantis e pagamentos de cartão de crédito.

O endividamento é medido em relação a vários indicadores, incluindo o índice de Gini, a taxa de juros e a relação entre a dívida e o PIB. O índice de Gini mede a desigualdade na distribuição da renda, enquanto a taxa de juros mede o custo do dinheiro emprestado. A relação entre a dívida e o PIB mede quanto da economia está sendo financiado pelas dívidas contraídas pelos governos, famílias e empresas.

Existem vários sinais que podem indicar se uma pessoa está endividada:

– Uma pessoa está usando mais do que do limite do cartão de crédito;
– Uma pessoa está fazendo pagamentos mensais mínimos apenas;
– Uma pessoa está usando cheques especiais para cobrir despesas;
– Uma pessoa está recebendo cobranças por conta de atrasos nos pagamentos;
– Uma pessoa está tendo problemas de saúde.

Um conteúdo muito completo sobre Como Sair das Dívidas para você que deseja se libertar das amarras dos juros abusivos do crédito fácil que mina o poder de compra do indivíduo que se encontra em um staus de endividado e inadimplente.

Por que é importante quitar suas dívidas o quanto antes?

Uma das principais razões para quitar suas dívidas o quanto antes é o fato de que elas podem afetar negativamente seu score de crédito.

Quanto maior for o seu saldo devedor, menor será o seu score – e isso pode prejudicar sua capacidade de obter empréstimos no futuro. Além disso, as dívidas também podem gerar juros altos, o que pode torná-las ainda mais difíceis de quitá-las. Assim, quanto antes você conseguir quitá-las, melhor será para sua situação financeira.

As dívidas podem afetar muito mais do que apenas o seu bolso – elas podem afetar sua saúde, seus relacionamentos e até mesmo o seu trabalho. Quitar suas dívidas o quanto antes pode ajudar a reduzir o estresse e as preocupações em sua vida, além de liberar mais dinheiro para investir em outras coisas, como um negócio online.

Um conteúdo muito completo sobre Como Sair das Dívidas para você que deseja se libertar das amarras dos juros abusivos do crédito fácil que mina o poder de compra do indivíduo que se encontra em um staus de endividado e inadimplente.

Quais as consequências de se manter endividado?

Quando se está endividado, as consequências podem ser graves. O endividamento pode levar à inadimplência, que por sua vez pode levar à perda do patrimônio, à execução de bens e, em alguns casos, à prisão.

O endividamento pode afetar negativamente o score de crédito, o que pode dificultar a obtenção de empréstimos e financiamentos no futuro. Além do óbvio problema financeiro que isso representa, o endividamento pode levar à insegurança, ansiedade e até depressão.

A dívida também pode afetar negativamente o seu relacionamento com outras pessoas, especialmente aquelas próximas a você. O endividamento também pode ter um impacto negativo na sua saúde física e mental.

Um conteúdo muito completo sobre Como Sair das Dívidas para você que deseja se libertar das amarras dos juros abusivos do crédito fácil que mina o poder de compra do indivíduo que se encontra em um staus de endividado e inadimplente.

É verdade que existem dívidas boas?

No mundo dos negócios, há muita discussão em torno do conceito de “dívida boa”. A dívida é necessária para alguns negócios, especialmente os que estão crescendo rapidamente, mas pode ser perigosa se não for gerenciada corretamente.

Algumas das questões mais importantes a serem consideradas ao avaliar se a dívida é boa ou não para o seu negócio são: o custo da dívida (taxas de juros), o propósito da dívida (por exemplo, investimento em capital ou compra de ativos), e sua capacidade de pagamento (relação entre a dívida e os lucros).

Se você estiver considerando assumir dívidas para o seu negócio, é importante consultar um contador ou outro profissional de finanças para avaliar se ela será benéfica para o seu caso específico.

Sim, existem algumas dívidas que são consideradas “boas”. Elas podem ajudar a melhorar o seu crédito e, eventualmente, permitir que você consiga um empréstimo com taxas de juros mais baixas. Algumas dívidas “boas” incluem:

– Empréstimos para estudantes: os empréstimos para estudantes são considerados uma dívida “boa” porque eles têm taxas de juros baixas e podem ser perdoados se você cumprir certos requisitos (como trabalhar em determinadas áreas ou fazer uma doação mínima).

– Empréstimos para automóveis: os empréstimos para automóveis também têm taxas de juros baixas e podem ajudar a melhorar o seu crédito. No entanto, é importante notar que você pode perder o seu carro se não puder pagar o empréstimo.

– Empréstimos hipotecários: os empréstimos hipotecários são considerados uma dívida “boa” porque eles têm taxas de juros baixas e podem ajudar a melhorar o seu crédito. No entanto, é importante notar que você pode perder a sua casa se não puder pagar o empréstimo.

Bom, agora que você compreende que de fato existem dívidas que são consideradas boas em situações específicas. Tenha cuidado ao usar estratégias que implicam em contrair dívidas, procure pagar tudo à vista sempre que possível, sempre!

Eu possuo cartão de crédito, mas faço o uso consciente, em casos específicos de pagamentos recorrentes de serviços que me geram renda. Não utilizo cartão físico, apenas o virtual quando necessário, pois a minha conta bancária é digital.

Sem dinheiro em caixa você não registra, tampouco escala o seu negócio. O primeiro passo antes de começar a querer abraçar o mundo com ideias inovadoras, é eliminar a inadimplência e por conseguinte as dívidas que minam toda a sua renda.

A maioria das pessoas permanecem no estado de endividadas, por que vivem um padrão de vida que não condiz com a sua realidade. Em detrimento do status de uma vida falsa de glamour, luxo e ostentação nas redes sociais, muitos entram em financiamentos desnecessários para estarem na moda ao seguir o fluxo errado do “ter para ser” e não o “ser para ter” com a única finalidade de chamar a atenção de pessoas com comportamento semelhante.

Um conteúdo muito completo sobre Como Sair das Dívidas para você que deseja se libertar das amarras dos juros abusivos do crédito fácil que mina o poder de compra do indivíduo que se encontra em um staus de endividado e inadimplente.

Como fazer para sair das dívidas?

Sair das dívidas não é uma tarefa fácil, mas há algumas coisas que você pode fazer para facilitar o processo.

Na verdade, não há uma única resposta para a pergunta “como fazer para sair das dívidas”. Isso porque as dívidas podem ter origem em diversos fatores, como o uso excessivo do cartão de crédito, o parcelamento de compras, ou até mesmo em fatores que estão fora do seu controle, como um empréstimo pessoal contraído para cobrir despesas médicas inesperadas.

No entanto, existem algumas dicas gerais que podem ajudar qualquer pessoa a sair das dívidas e começar a viver uma vida financeira mais saudável. Aqui estão algumas dicas:

Organize suas finanças. Faça um orçamento e identifique onde estão indo seus gastos. Isso o ajudará a ver onde pode economizar e cortar custos.

Pague as dívidas com juros altos primeiro. Quanto mais rápido você pagar as dívidas, menor será o valor total que terá que pagar, pois os juros compostos (passivo negativo) farão com que ela cresça rapidamente.

Obtenha ajuda se precisar. Se você estiver lutando para fazer face às suas dívidas, procure ajuda de um profissional educador financeiro ou de um aconselhamento gratuito de uma organização de defesa do consumidor. Eles podem ajudá-lo a negociar com seus credores e até mesmo obter uma redução nas taxas de juros ou no valor total da dívida.

Reforçando

Identifique os seus principais gastos e procure maneiras de reduzi-los;
Pague as suas dívidas com juros altos primeiro;
Faça um orçamento detalhado e tente segui-lo à risca;
Guarde dinheiro para emergências;
Investigue alternativas para quitar suas dívidas, como o parcelamento ou a renegociação;
Procure orientação profissional se as suas dívidas estiverem fora do seu controle.

Minha Experiência Pessoal

Embora a High Deck Studio não seja uma plataforma de educação financeira, o tema recorrente faz parte do contexto. Em caso de você estar nesta condição de estado mental de endividamento, lembre-se, você apenas estar, mas não é endividado.

No passado, esse que vos fala cometeu um deslize que acarretou em uma dívida de R$45 Mil Reais. Foi através dos ensinamentos do meu Mentor e Educador Financeiro de Finanças Pessoais Israelense, que aprendi a desenvolver novos hábitos financeiros que ajudaram a reorganizar o meu estilo de vida de acordo com o meu padrão financeiro do momento presente para não comprometer a construção dos meus negócios online.

Sendo assim, recomendo que conheça o conteúdo fundamental que vai te ajudar a sair deste estado de inercia financeira.

Todas as dicas e estratégias acima são fundamentais para a saúde financeira de qualquer pessoa física ou jurídica. Eu particularmente tomei algumas medidas extremas para que pudesse sair dessa condição através de uma técnica “secreta” usada pelos Mestres Judeus conhecida como “tudo ou nada”.

Quando se trata de dívidas, é fácil ficar preso no ciclo vicioso da falta de dinheiro. A dívida pode parecer uma montanha tão grande que parece impossível escapar dela. No entanto, há esperança.

Existem métodos que você pode usar para reduzir suas dívidas e aumentar sua renda, para que possa finalmente começar a investir em seu futuro.

Uma das maneiras mais eficazes de quitar as dívidas é através da técnica do “tudo ou nada”. Com essa abordagem, você decide liquidar todas as suas dívidas de uma só vez e usar todo o dinheiro que sobrar para investir em seu futuro. Isso significa que você precisará comprometer-se totalmente com o pagamento de suas dívidas e não terá mais nenhuma renda disponível para gastos supérfluos.

No entanto, a técnica do “tudo ou nada” tem alguns benefícios significativos. Primeiro, ela lhe permitirá reduzir significativamente o total da sua dívida. Em segundo lugar, uma vez que você tenha quitado todas as suas dívidas, terá mais dinheiro disponível para investir em seu futuro. Finalmente, a técnica do “tudo ou nada” lhe permitirá libertar-se do stress financeiro e começar a viver uma vida mais tranquila e feliz.

Conclusão

Endividamento é uma questão delicada na vida financeira, e pode comprometer seriamente a capacidade de um indivíduo em iniciar um negócio próprio. Por isso, recomendamos a orientação de um educador financeiro para que você consiga traçar estratégias para sair das dívidas e começar um negócio online do “zero” em 2022+.

Tenha acesso a um profissional qualificado de finanças e aprenda educação financeira para nunca mais virar estatística no sistema de análise de crédito do governo e das instituições financeiras. Veja Aqui!

Venha descobrir mais sobre a High Deck Studio e como podemos ajudá-lo a alcançar seus objetivos!

Filipe A. Silva o fundador e CEO da High Deck Studio é o autor principal dos artigos do Blog e traz para o público conteúdos qualifiados relacionados com a sua experiência de especialista em negóciso online com atuação presente no mercado brasileiro e global através das estratégias de Marketing Digital.

Autor: Filipe A. Silva

Fundador e CEO da High Deck Studio

Redes Oficiais

5/5

Política de comentários: Parabéns pela tua iniciativa de interação, agradecemos muito pela dedicação e colaboração dos nossos leitores que se dispõem a compartilhar ideias e dar feedback. No entanto, todos os comentários são moderados e aqueles considerados spam ou exclusivamente promocionais serão excluídos antes mesmo que sejam abertos.

Ao enviar o seu comentário: Você concorda com o processamento dos dados pessoais apresentados de acordo com as Políticas de Privacidade da High Deck Studio.